“Os Guardiões do Espaço são espíritos que habitam qualquer parte do Globo, inclusive no espaço que agora está sendo utilizado pelo nosso prédio, no meio de qualquer cidade grande. São nossos vizinhos energéticos e não físicos. Em geral, são completamente neutros e indiferentes à humanidade, já que normalmente, ao não sermos conscientes de sua existência, eles não se preocupam muito com a nossa. Porém, se com paciência e sabendo da sua presença uma pessoa tenta ganhar a confiança deles com pequenos gestos (simplesmente colocar por exemplo, um pouco de incenso e oferecer para eles é como um sinal de hospitalidade), podem tornar-se amistosos, curiosos e inclusive chegar a interagir com as pessoas que sejam capazes de percebê-los e comunicar-se com eles (…)”

(Extraído do Manual de Guías Espirituales y Fuerzas de la Naturaleza de David Topí – www.davidtopi.net)

Como fazer isso?
Um dos primeiros passos é reconciliar-se com os espaços e reconhecer a presença dos Guardiões do Espaço, já que estar em harmonia com esses Seres nos facilita estar em harmonia com a nossa casa e com a nossa vida em geral.
Procure um momento tranquilo, você pode fechar os olhos ou fazer uma pequena meditação e mentalmente pedir-lhes perdão por não ter reconhecido anteriormente sua existência, depois agradecer-lhes por cuidar do nosso espaço e do ambiente ao redor e, finalmente, é recomendável dizer para eles que a partir de agora você pede permissão para estar nesse espaço e, por último, e nem por isso menos importante, agradecer por tudo aquilo que consideramos conveniente.
Acender um incenso, comprar uma planta, flores ou mineral e oferecer-lhes costuma ser bastante apropriado para este tipo de conexão, embora sem nenhuma dúvida, o mais importante é a atitude de respeito para com esses Seres que cuidam da Mãe Terra e dos nossos Espaços.